Entrevistas

Eng. Civil Dr Carlos Henrique Siqueira

Professor do INAEP

Instituto Nacional de Estruturas Protendidas

CURRÍCULO

 

Engenheiro civil formado pela Universidade Federal da Paraíba, pós-graduado em Estruturas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mestrado e doutorado em Patologia das Estruturas pela Universidade Federal Fluminense, ex-professor da Universidade Veiga de Almeida, Rio de Janeiro, lecionando a cadeira de Materiais de Construção, Professor do INAEP - Instituto Nacional de Estruturas Protendidas - lecionando as cadeiras de Vistoria de Pontes e Viadutos de Concreto, e Tecnologia do Concreto Protendido, Professor convidado do governo chinês onde lecionou em Pequim a cadeira de Vistoria de Pontes e Viadutos de Concreto, engenheiro da supervisão da construção da Ponte Rio-Niterói, mais de 5000 pontes e viadutos vistoriados no Brasil e no exterior, palestrante em centenas de eventos no Brasil, nos Estados Unidos, Canadá, Itália, Nigéria, Índia, Grécia, Alemanha, China, Japão entre outros, engenheiro responsável pela manutenção da ponte Rio-Niterói por mais de 40 anos.

ENTREVISTA

Qual é a sua expectativa em relação ao tema a ser tratado no 25º CBENC ?  
 

O Brasil precisa cada vez mais de eventos que aglomerem engenheiros civis para debater sobre as questões ligadas aos problemas que vimos enfrentando no setor, e que são das mais distintas naturezas. Especificamente, no que tange às manutenções das obras de arte especiais, ou seja, pontes, viadutos e passarelas, de concreto, metálicas ou mistas, o momento é extremamente oportuno, visto as mais recentes ocorrências de acidentes com viaduto em São Paulo, e ciclovia e túnel acústico no Rio de Janeiro, além de colapso de ponte no estado do Pará motivado por choque de embarcação, esta pela segunda vez parcialmente destruída, em cerca de 3 anos. 



Como o tema da sua palestra contribui para conhecimento e desenvolvimento da engenharia ?  

O título da minha palestra será "A Importância da Manutenção das Pontes e Viadutos: O Exemplo da Ponte Rio-Niterói".  

O Brasil é tão carente de vistoria e manutenção de suas obras de arte especiais, e isso pode ser revelado por várias veredas, que nem o número correto dessas estruturas no país temos conhecimento. Alguns se arvoram a mencionar dados que não tem qualquer embasamento, tentando descaracterizar essa lacuna, o que é imperdoável, posto que assim jamais se chegará a uma quantificação segura. Ao não se saber esse número, não é possível avaliar o estado físico em que as obras se encontram, tampouco programar suas vistorias e manutenções.  

A Ponte Rio-Niterói é referência mundial na manutenção de grandes estruturas, pelo que pretende-se, por meio dela, exibir o quanto é benfazeja a vistoria e manutenção das obras de arte especiais, na preservação do patrimônio público, na segurança da própria obra e, consequente, na dos usuários.  

Palestra 9 - A Importância da Manutenção das Pontes e Viadutos. O exemplo da Ponte Rio - Niterói.

09/08/2019 (Sexta-feira) - 11:00 - 12:00