Entrevistas

Eng. Civil MSc Luiz Capraro

Ex-Coordenador Nacional das Câmaras Especializadas de Engenharia Civil do CONFEA

Conselho Federal de Engenharia e Agronomia

CURRÍCULO

Engenheiro Civil, Mestre Educação, especialista em Gestão Estratégica de Pessoas e em Auditoria, Avaliações e Perícias de Engenharia. Coordenou os cursos de Eng. Civil e de Eng. Ambiental e Sanitária na UTP. Professor das disciplinas de Tecnologia da Construção, Sistemas Estruturais, Planejamento e Controle de Obras, em cursos de Engenharia Civil e Arquitetura. Ministra aulas em cursos de Pós graduação nas disciplinas de Inspeção Predial e de Perícias em Edificações. Filiado a ABENC - Associação Brasileira de Engenheiros Civis, a ABENGE - Associação Brasileira de Educação em Engenharia , ao IEP - Instituto de Engenharia do Paraná, ao IBAPE/PR e a ASCE - American Society of Civil Engineers. Conselheiro no CREA-PR (2012 a 2017) onde presidiu a CES - Comissão de Educação do Sistema. Coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Civil do CREA-PR (2013, 2014e 2017). Presidente da Comissão de Ética Profissional (2015 e 2016). Coordenador Nacional das Câmaras Especializadas de Engenharia Civil do CONFEA (2013 e 2014). Coordenador Adj. da Coordenação Nacional das Comissões de Ética Profissional do CONFEA (2015). ABNT - Membro da Comissão de Estudo de Elaboração de Projetos no Comitê Brasileiro da Construção Civil - CB-002. Atuante no ramo da Perícia e da Engenharia Diagnóstica.

ENTREVISTA

Qual é a sua expectativa em relação ao tema a ser tratado no 25º CBENC ?

O tema não podia ser mais atual. É notória a necessidade de infraestrutura mais atualizada para fazer frente ao desenvolvimento do país. Que a Engenharia Civil é o caminho para este desenvolvimento tão esperado e que o Engenheiro Civil é o agente deste desenvolvimento são fatos historicamente comprovados. Para que tal aconteça é necessário conhecimento e o momento de tantas mudanças é propício  e se faz mister discutir o conhecimento em Engenharia Civil. O tema está bem representado na programação do 25º CBENC e acredito que trará grande contribuição para o desenvolvimento da Engenharia Civil e para o Brasil.

 

Como o tema da sua palestra contribui para conhecimento e desenvolvimento da engenharia ?

Tem muito a ver com o tema do 25º CBENC. Se somos deficientes em infraestrutura, não é muto diferente com relação a manutenção das edificações, públicas ou não. É fato inegável que nossas edificações ou construções estão envelhecendo e o muito que se faz é uma mão de tinta. A Inspeção Predial tem norma da ABNT em elaboração e dois Projetos de Lei tramitando em fase final, um na Câmara dos Deputados outro no Senado. Paralelamente com vistas a segurança da população muitos municípios brasileiros se anteciparam e já possuem sua própria legislação municipal regulamentando a Inspeção Predial. Mais do que levantar situações de inconformidades na edificação, a Inspeção Predial tem por objetivo maior um plano de manutenção, com isto aumenta a vida útil da edificação, garantindo um melhor valor de mercado, de segurança e de utilização. Tudo isto ainda complementado pela manutenção programada que é sinônimo de menor custo, maior vida útil e maior segurança. Atende a chamada Lei da Reforma e se apoia fortemente na Norma de Desempenho. Requer conhecimento profundo de Engenharia Civil e é muitas vezes atividade multiprofissional.

Palestra 2 - Inspeção Predial oportunidades e desafios para o Eng. Civil

08/08/2019 (Quinta-feira) - 10:00 - 11:00