Entrevistas

Dr. Eng. Civil Dante Alves Medeiros Filho

UEM

Professor na Universidade Estadual de Maringá

CURRÍCULO

O professor Dante Alves Medeiros Filho é Engenheiro Civil pela Universidade Estadual de Maringá, Mestre em Engenharia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Doutor em Engenharia pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. É professor da Universidade Estadual de Maringá desde 1985. Fundador e professor dos Programas de Mestrado em Ciência da Computação e de Engenharia Urbana da UEM. Conselheiro do CREA-PR de 2005 a 2010. Membro titular da Comissão de Educação do CREA-PR de 2005 a 2010. Foi presidente da Comissão de Educação do CREA-PR em 2007 e 2008. Foi diretor do centro de Tecnologia da Universidade Estadual de Maringá por duas gestões 1992-1996 e 2004 a 2008. Foi Paraninfo Geral dos formandos de 2016 da Universidade Estadual de Maringá. Ganhador da Medalha do Mérito do CONFEA 2012.

ENTREVISTA

Qual é a sua expectativa em relação ao tema a ser tratado no 25º CBENC ?

O tema deste congresso é “Engenharia Civil: Conhecimento e Base para o Desenvolvimento”. Trata-se de um tema contemporâneo para a realidade brasileira, ou seja, de um país emergente, bem como de uma das maiores economias do mundo, portanto, precisa ser protagonista de seu desenvolvimento. Neste caminho, o domínio do conhecimento tecnológico é fundamental. Em particular, dentre as engenharias, a engenharia civil atua em um espectro amplo do conhecimento tecnológico envolvendo dentre outros, economia, empregabilidade e cidadania.

 

Como o tema da sua palestra contribui para conhecimento e desenvolvimento da engenharia ?

Nossa palestra visa conscientizar a academia e profissionais sobre a importância do conhecimento da Engenharia Civil para o desenvolvimento do país neste momento histórico. Dentre os países emergentes (China, Índia, Rússia e Brasil) o Brasil é o menos desenvolvido tecnologicamente. Nosso país precisa incorporar conhecimento tecnológico para impulsionar sua economia. Neste sentido, a engenharia civil provoca setores plurais da economia e do conhecimento e, se alavancada adequadamente neste momento, contribuirá de modo significativo para o crescimento do país.

Palestra 1 - Tecnologia: Uma Questão de Independência

08/08/2019 (Quinta-feira) - 09:00 - 10:00